12 dezembro 2008

O senhor Gouveia


Encontrei o senhor Gouveia adentrando o recinto, após tomar uma intensa chuvarada, e o acompanhei até o escritório. Sua figura alta e esguia mostrava-se impiedosamente encharcada e como era de costume, mostrava-se conformado pela situação desconfortável, pouco antes de tomar assento diante de sua mesa, para o início de sua jornada de trabalho. Mais uma vez perguntei-lhe sobre o guarda-chuva, e mais uma vez ele me respondeu, indiferente, Não tenho guarda-chuva... Era a quarta ou quinta ocasião em que o via naquele estado, e indaguei-lhe em tom de broma se os deuses o haviam castigado de modo especial, ao que ele respondeu pacientemente, Eles estão aperfeiçoando o método... e prosseguiu, de modo mais convicto, enquanto enxugava os óculos, Desta vez, esperaram que eu chegasse no meio da esplanada, para que eu não pudesse escapar...


Nenhum comentário: