15 janeiro 2009

Palavras ao vento...



Disse o senhor Ban Ki-Moon (Secretário Geral da ONU)
"Apresentei meu forte protesto e ultraje ao ministro da Defesa e à ministra de Relações Exteriores, e exigi uma plena explicação"

E disse o senhor Ehud Barak (Ministro da Defesa de Israel)
“Foi um grave erro e (levaremos) isso muito a sério. (...) Será dada atenção extra às instalações e funcionários da ONU, e que isso não irá se repetir”.

E a carnificina está apta a prosseguir.


(fonte: Agência Reuters)



Nenhum comentário: