03 novembro 2016

Não conseguirão!



Os ataques aos direitos constitucionais, sob a batuta do poder executivo, respaldados por um poder judiciário anódino, com o apoio ruidoso dos órgãos de segurança e silencioso da mídia corporativa, expõem o esquema brutal de demolição do estado democrático de direito aqui, na Argentina, no México, as três maiores economias do continente.

Terra arrasada para que sejamos transformados em sucursais dos interesses do grande capital, e danem-se as consequências. Já não se fala mais em recuperação econômica; já não chama mais atenção a desfaçatez das ações e dos argumentos desses governantes sem expressão, pois já não prestam mais contas para a população, mas para outros agentes. Tudo não passa do vazio habitado pela ausência.

Persistirão em quebrantar o espírito de luta da nossa gente, em desestabilizar e colonizar nossa subjetividade.

Não conseguirão.


Nenhum comentário: